sexta-feira, 23 de junho de 2017

UmPorTodos#04 - Chegadas e partidas



O São Paulo viverá, na segunda parte do primeiro turno do campeonato brasileiro uma verdadeira pré-temporada, ensejada por partidas inesperadas em meio à competição, decorrentes da opção de fazer caixa diante das fortes investidas de clubes europeus, mas também em razão de não ter encorpado o elenco com mais brevidade visando suportar tais saídas.


Sabendo-se que o calendário do futebol brasileiro e as condições econômicas tornam o período de abertura da janela europeia um período dificílimo para um clube com a exposição e credibilidade que o Tricolor tem no exterior, que geram propostas e mais propostas, ao clube caberia, de preferência em conjunto com a comissão técnica, avaliar previamente do que poderia e do que não poderia abrir mão para não frustrar os planos de obter classificação para a Libertadores da América.


Compreendemos as dificuldades diretivas e só o que esperamos é mais transparência e clareza na comunicação com o torcedor, pois assim como somos críticos quando é o caso, sabemos reconhecer quando as coisas são bem feitas.


Tanto é que podemos dizer que a diretoria finalmente se movimentou e, de positivo, temos as chegadas do meia argentino Jonatan Gomez, que chega credenciado pelo scout do Footstats como segundo meia mais eficiente da Libertadores da América, além de Arboleda, zagueiro equatoriano cujos predicados parecem ser a rapidez e o jogo aéreo, além do volante Petros, que por onde passou demonstrou bom repertório técnico. São boas apostas, a custos razoáveis e tomara que não demorem para render o que deles se espera.


Outras chegadas, pontuais, ainda são necessárias e já existem especulações, pois o Brasileirão é um campeonato duríssimo e bem equilibrado. Ademais, porque mesmo com chegadas existe um tempo necessário para o time ganhar corpo e embalar, de modo que não será surpreendente de Rogério, diante de tantas novidades, ainda levar um tempo para fazer o time engrenar. Assim, se decolará ainda em 2017 ou se ainda sofrerá até o encaixe, ainda é uma incógnita e um risco que correremos.


Também ficamos na expectativa do desfecho da negociação com Lugano, já que não sabemos como está se sentido em relação ao aproveitamento inferior ao possível, imputável à Comissão Técnica, além da tardia proposta apresentada pela direção. Não sabemos ao menos se pretende buscar um contrato mais longo, o que seria natural, já que nunca o ouvimos falar em parar. Enfim, nos resta torcer para que fique. Respeitaremos qualquer decisão do ídolo, sempre tão profissional e respeitoso com a camisa Tricolor.


Ficamos na torcida para que nosso amado Tricolor Paulista retome o quanto antes o protagonismo. E, acima de tudo, saiba que nós, torcedores, estamos unidos pelo São Paulo e estaremos sempre que possível no Morumbi. Vamos São Paulo! 

Nenhum comentário: